Seguindo “planeta sustentável”

Padrão

Repassando,
Por André Azevedo

Navegando pelo site Planeta sustentável da Abril.com, encontrei uma maravilhosa matéria com dicas simples para que possamos, desde já, entender por que é tão importante valorizarmos, o que eles chamam de: três “erres”: Reduzir, Reutilizar e Reciclar.

Nesta matéria, o site aconselha que essa informação, esse pequena dica de sustentabilidade, sejá passada adiante. Leiam a matéria; vocês iram adorar e acompanhar esses “guias”.

O que você Precisa Saber para Fazer um Planeta Melhor

… Entenda porque é tão importante reduzir o consumo de três itens imprescindíveis nos dias de hoje: água, energia elétrica e combustíveis.

Água Ela até cai do céu, mas é um recurso esgotável e raro em muitos lugares do mundo. Se, em apenas cinco minutos, você escovar os dentes com a torneira escancarada, 12 litros de água potável serão desperdiçados.

Energia elétrica O consumo cada vez maior requer a construção de mais usinas hidrelétricas e mais florestas vão desaparecer para dar lugar a elas. O simples gesto de desligar as luzes dos ambientes, quando estiverem vazios, pode ajudar a evitar isso.

Combustíveis A queima dos fósseis, como o diesel e a gasolina, é a maior responsável pela emissão de gases do aquecimento global. Segundo o urbanista e ex-prefeito de Curitiba Jaime Lerner, “nas grandes cidades são produzidos 75% de todo o CO2 jogado na atmosfera”. Pense nisso antes de entrar no carro só para ir à padaria da esquina …

Tenha acesso a toda a cartilha com 50 dicas no site Planeta Sustentável da Abril.com
http://planetasustentavel.abril.com.br/cartilha/ , no link localizado a direita do seu vídeo, descrito por: Como Ler Este Manual.

Boa leitura e lembre-se, repasse estas informações.

Planeta Sustentável diz:

O Futuro é agente quem faz – EuVimarketing apoia essa idéia.

Abrçs.
André Azevedo.

II Mostra de Responsabilidade Socioambiental

Padrão

De 13 a 15 de agosto.

O evento acontecerá no pavilhão da bienal, em São Paulo, visando estreitar a interação entre empresas, universidades, orgãos públicos, orgãos não governamentais e veículos de comunicação, referenciando-se a sustentabilidade socioambiental.

Palestras, debates e cases sobre investimentos sociais e parcerias; Exposições de projetos realizados e de novas propostas. dentre outras iniciativas.

II Mostra de Responsabilidade Socioambiental
Paavilhão da bienal, Parque Ibirapuera, SP.

Fonte; http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/eventos/conteudo_293571.shtml
Érica Georgino
Planeta Sustentável – 06/08/2008

Ao “mundo do marketing”

Padrão

Prezado Thiago.

 

Concordo quando diz que a insatisfação se torna cada vez mais visível em atendimentos call center’s.

 

Mas por que será que as empresas não se importam com a qualidade funcional, para que sua base de informações seja única e coerente?

 

Desfazer dos profissionais somente não basta. É preciso também analisar qual tipo de investimento que as organizações atuantes nesse mercado realizam para estimular o seu escopo funcional. Quais iniciativas de endomarketing? Quais estímulos e prospectos de crescimento são fornecidos para os mesmos? Com qual transparência e reconhecimento os resultados positivos dos mesmos são valorizados?

 

Dessa forma, sem nenhum tipo de valorização para essa categoria, fica fácil; indicar o erro para o representante é o que a maioria destas prestadoras de serviços de call center’s faz; aponta o Representante como o “vilão”, tornando seu turnover cada vez mais freqüente. 

 

E o serviço da própria, que realmente não condiz com o que foi prometido ao cliente? Será que isso também não se torna um ofensor? Será que URA’s mal elaboradas e sem suporte também não influencia para a insatisfação? Será que a falta de flexibilidade e profissionalismo dos seus ditos “gestores”, também não conta?

 

Preocupo-me muito com esses aspectos que não visados pela mídia caro thiago.

 

É de grande valia lembrar para eles, que eles também possuem clientes internos! E esses são, em seu organograma, aqueles que podem fazer a diferença. Mas para isso, precisam de respaldo, que a empresa (produto) cumpra com o que realmente foi colocado nas mãos do consumidor final; que os incentivos, capacitação e estímulos sejam verdadeiros, e não fachadas para mecanismos de “mídia pré-determinada”, “pré-acordada”.

 

Parabéns pelo seu artigo. Acompanho sempre o mundo do marketing e aprecio os valores e trabalho de vocês.

 

Atenciosamente,

André Azevedo.

 

Clima Organizacional

Padrão

Por: André Azevedo

A busca intensa por ações com maiores e melhores efeitos no endomarketing empresarial, tem como foco o ambiente interno da organização e visa a melhoria do ambiente de trabalho.

As expectativas e percepções do seu escopo funcional, na maioria das vezes são fontes de conhecimento que podem ou não levar a melhores práticas no clima de sua organização.

Para tanto, as pesquisas de clima organizacional, tem ganho cada vez mais seu espaço entre as “mentes” dos melhores gestores do ramo, por observarem os excelentes resultados/benefícios adquiridos. como: Melhores resultados na produção por Motivacionais.

Os fatores necessários para uma melhor lucratividade foram absorvidos de fácil maneira através dos treinamentos realizados, os quais foram identificados pela pesuisa. Enfoque na satisfação do cliente externo se tornou motivo para integração por parte do escopo funcional.

Ouvir seus funcionários é uma frase que todo gestor conhece, mas, o fato é que percebe-se que as tendências apontam para uma maior profundidade nessa questão.

Hoje vários já defendem a necessidade de se conhecer um pouco mais sobre a vida socio-economica e da família dos mesmos, facilitando assim, identificar ofensores que justifiquem o ambiente da empresa.

Portanto, não se esqueça de valorizar os seus clientes internos.  O Valor de sua imagem, a linha de frente de seus produtos, seja ele um bem e/ou serviço, será vista por consumidores que estarão sempre em contato com sua “base”.

Partido-alto

Padrão

Partido alto

Esse termo é utilizado para denominar um tipo de samba que é caracterizado por uma batida de pandeiro altamente percussiva, com uso da palma da mão no centro do instrumento para estalos.

A harmonia do partido alto é sempre em tom Maior e geralmente tocado por um conjunto de instrumentos de percussão (normalmente surdo, pandeiro e tamborim) e acompanhado por um cavaquinho e/ou por um violão.

O partido alto costuma ser dividido em duas partes, o refrão e os versos. Partideiros costumam improvisar nos versos, com disputas comuns, e improvisadores talentosos fizeram sua fama e carreira no samba, como Zeca Pagodinho, que é não só um grande sambista de propósito geral como um dos melhores improvisadores.

Artistas Famosos: Candeia, Jovelina Pérola Negra, Martinho da Vila, Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Aniceto do Império, Sombrinha, Nei Lopes, Almir Guinéto, Camunguelo, Xangô da Mangueira, Nilton Campolino.[fundo de quintal]Bezerra da Silva

SambaComum

Padrão

O samba é caracterizado por uma seção de ritmo contendo a marcação, geralmente surdo ou tantan, o ‘coração do samba’; e seu núcleo mais importante é geralmente reconhecido como cavaco e pandeiro. O cavaquinho é a conexão entre a seção de harmonia e a seção de ritmo, e costuma ser reconhecido como um dos instrumentos harmônicos mais percussivos existentes; sua presença, via de regra, diferencia o verdadeiro samba de variações mais suaves como a Bossa Nova (embora haja algumas gravações de samba que não usem o cavaco, e.g. de Chico Buarque). O pandeiro é o instrumento percussivo mais presente, aquele cuja batida é a mais completa. Um violão está sempre presente, e a maneira de tocar violão no samba popularizou o violão de 7 cordas, por causa das sofisticadas linhas de contraponto utilizadas no gênero nas cordas mais graves. As letras falam basicamente de qualquer coisa, já que o samba é o ritmo nacional brasileiro. Esse subgênero engloba todos os outros.

Artistas Famosos: Beth Carvalho, Paulinho da Viola, Zeca Pagodinho, Wilson Moreira, Teresa Cristina & Grupo Semente, entre outros.